segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL? EM ENDOMARKETING?



"Saber e agir, um não tem sustentabilidade sem o outro."


Por Denise Araújo



Muitas vezes fui questionada nas organizações: “uma psicóloga, trabalhando endomarketing? Mas como?” e muitas vezes também, eu mesma me questionei sobre isso.
E a única resposta que consigo encontrar é: Unir saberes.

Sabemos que hoje o Envolvimento é uma palavra que define o que esperamos de todos na empresa, não é mesmo? Não basta estar motivado, possuir o know how, ou ter bom relacionamento interpessoal... entre outros atributos. O que se espera das pessoas da organização é envolvimento.

Mas como definir o envolvimento que queremos alcançar?

Hoje sabemos que, “fazer parte” do negócio, conhecer o seu papel na empresa e no seu resultado, conhecer e dar idéias para os projetos futuros, assumir a responsabilidade por ela, enfim, ser efetivamente pertencente a organização.
E, para que os colaboradores (inclusive seus líderes) possuam este sentimento de pertencimento à empresa, uma das ferramentas que hoje são utilizadas pelas áreas de gestão de pessoas e gerencias é a comunicação interna, o B2E, e o endomarketing.
Implantando um endomarketing com sustentabilidade para o negócio, utilizando - o como processo de comunicação e educação, e também de abertura para troca de idéias e informações sobre os processos da organização. A clássica via de mão dupla.
Assim, não podemos mais atuar com ações únicas, sem continuidade, que os colaboradores não vêem sentido. Isso é um fato tanto em Gestão de Pessoas como em Endomarketing.

Daí vem a idéia de unir saberes.
A Gestão de Pessoas e a Psicologia Organizacional com seu saber sobre o comportamento humano e suas necessidades, o que os motiva a se envolver e o conhecimento em comunicação, de como envolver as pessoas através das campanhas de endomarketing.

Saber e agir, um não tem sustentabilidade sem o outro.

Uma pode dar base a outra, Psicologia e Publicidade, voltada ao meio organizacional. Afinal, as duas tem como publico alvo o ser humano, simplesmente.
Você concorda que o contrato fechado na organização é apenas o resultado de um processo que se inicia muito antes?
Comunicar ao cliente interno o que a organização faz e pretende, além de ouvi-lo, é essencial para os resultados que esperamos no mercado.

Hoje não existe mais razão para ações sem sentido, que acabam com o “sintoma” temporariamente. Mas existe uma grande opção que é saber de onde este sintoma vem, e juntas a Psicologia Organizacional, a Publicidade e o Endomarketing, podem sem dúvidas traçar caminhos sólidos com ações que firmem a imagem da empresa em todo o mercado, inclusive internamente! Além de dar sustentabilidade e credibilidade a si próprias.
Afinal, resultado é resultado!
O desafio está lançado...


Denise Araujo
Psicóloga Organizacional - byProject
Em breve: www.denisearaujo.com.br
denidac@hotmail.com

2 comentários:

PDV Ativo disse...

opa...legal que ativou os comentários...é isso aí ..logo logo vc estará fera com o blog...o conteudo ja ta bem legal o resto vamos aprendendo aos poucos...abrazz...sempre que puder faça-nos uma visita no PDV Ativo..otima semana

pdvativo disse...

ja colei seu banner lá no PDV Ativo tbm....a propósito ficou muito legal o banner....abrazz